Após assistência da OAB, TJ-PR determina majoração de honorários de R$ 5 mil para R$ 100 mil

Após assistência da OAB, TJ-PR determina majoração de honorários de R$ 5 mil para R$ 100 mil

O mês de dezembro começa com mais uma importante conquista para a advocacia. A OAB Paraná obteve vitória em novo caso de assistência prestada a advogado que recorreu contra a fixação de honorários em valores aviltantes. Os desembargadores da 12ª Câmara Cível do Tribunal de Justiça do Estado do Paraná (TJ-PR) decidiram, por unanimidade de votos, pela majoração dos honorários advocatícios fixados inicialmente em R$ 5 mil para R$ 100 mil. A OAB Paraná atuou como assistente no processo, por meio da Câmara de Direitos e Prerrogativas. No Memorial apresentado, a Seccional sustentou que o valor da condenação em honorários ...

Leia mais

Assistência da OAB garante majoração de honorários de R$ 1.500,00 para R$ 12 mil

Assistência da OAB garante majoração de honorários de R$ 1.500,00 para R$ 12 mil

A OAB Paraná saiu vitoriosa em mais uma assistência prestada a advogado que recorreu contra a fixação de honorários de sucumbência em valores aviltantes. Os desembargadores da 11ª Câmara Cível do Tribunal de Justiça do Paraná determinaram a majoração dos honorários em Apelação Cível, em favor do advogado Marcelo Andreoli. Na primeira instância, os honorários foram arbitrados no valor de R$ 1.500,00. Com a assistência da Ordem e a apelação na segunda instância, os desembargadores, por unanimidade de votos, determinaram a majoração para R$ 12 mil. “Diante do exposto, ponderando as circunstâncias da causa, mormente quanto a ausência de condenação ...

Leia mais

TJ atende pedido da OAB e revoga portaria que exigia atualização de procurações

TJ atende pedido da OAB e revoga portaria que exigia atualização de procurações

A Câmara de Direitos e Prerrogativas da OAB Paraná solicitou à Corregedoria-Geral da Justiça providências em relação à exigência de atualização de procurações para levantamento de alvarás de créditos por parte da 15ª Vara Cível de Curitiba, mesmo quando o instrumento não continha prazo de validade. Em ofício encaminhado à OAB, o corregedor-geral, desembargador Eugênio Achille Grandinetti, informa que oficiou à juíza Aline Koentopp para que revogue a portaria 01/2015, que determinava a atualização das procurações. A decisão da Corregedoria considerou que a portaria excedeu os limites dos atos meramente ordinatórios, prevendo em portaria regras que somente poderiam se inserir ...

Leia mais

Valores indevidamente recolhidos ao FUNJUS serão restituídos ao advogado que detém procuração

Valores indevidamente recolhidos ao FUNJUS serão restituídos ao advogado que detém procuração

A Câmara de Direitos e Prerrogativas solicitou ao Tribunal de Justiça do Paraná (TJ-PR) a revisão da Portaria nº 806/2015, a fim de que os valores indevidamente recolhidos ao FUNJUS (Fundo da Justiça do Poder Judiciário) sejam restituídos ao advogado que detém poderes para receber e dar quitação, mediante apresentação de procuração. O pedido de providências formulado pela OAB Paraná foi atendido pelo presidente do TJ, desembargador Paulo Vasconcelos. Confira a íntegra da decisão. Por meio da Portaria 107/2016, Vasconcelos determinou a alteração da Portaria 806/2015, que passa a vigorar com o seguinte teor: “todos os valores de ...

Leia mais

Advogados não são obrigados a digitalizar processos

Advogados não são obrigados a digitalizar processos

Os advogados não são obrigados a digitalizar processos físicos, pois a responsabilidade da inserção no meio eletrônico é da Vara onde ocorre o trâmite processual. A decisão é da Corregedoria Geral da Justiça, em resposta a pedido de providências da Câmara de Direitos e Prerrogativas da OAB Paraná. O expediente foi formulado face à reclamação de advogado que foi obrigado a digitalizar os processos em trâmite perante a 10ª Vara Cível de Curitiba. Na decisão, o juiz auxiliar da Corregedoria Geral da Justiça, Guilherme Denz, argumenta que o Órgão Especial do Tribunal de Justiça regulamentou as diretrizes de digitalização ...

Leia mais

Últimas Notícias

Após assistência da OAB, TJ-PR determina majoração de honorários de R$ 5 mil para R$ 100 mil

O mês de dezembro começa com mais uma importante conquista para a advocacia. A OAB Paraná obteve vitória em novo caso de assistência prestada a advogado que recorreu contra a fixação de honorários em valores aviltantes. Os desembargadores da 12ª Câmara Cível do Tribunal de Justiça do Estado do Paraná (TJ-PR) decidiram, por unanimidade de… Leia Mais

Assistência da OAB garante majoração de honorários para R$ 50 mil

A OAB Paraná obteve êxito nova assistência prestada a advogado que recorreu contra a fixação de honorários de sucumbência em valores aviltantes. Com a atuação da Câmara de Defesa dos Direitos e Prerrogativas, a 2ª Turma do Tribunal Regional Federal da 4ª Região determinou a majoração dos honorários em Apelação Cível, em favor do advogado… Leia Mais

Assistência da OAB garante majoração de honorários de R$ 1.500,00 para R$ 12 mil

A OAB Paraná saiu vitoriosa em mais uma assistência prestada a advogado que recorreu contra a fixação de honorários de sucumbência em valores aviltantes. Os desembargadores da 11ª Câmara Cível do Tribunal de Justiça do Paraná determinaram a majoração dos honorários em Apelação Cível, em favor do advogado Marcelo Andreoli. Na primeira instância, os honorários… Leia Mais

TJ atende pedido da OAB e revoga portaria que exigia atualização de procurações

A Câmara de Direitos e Prerrogativas da OAB Paraná solicitou à Corregedoria-Geral da Justiça providências em relação à exigência de atualização de procurações para levantamento de alvarás de créditos por parte da 15ª Vara Cível de Curitiba, mesmo quando o instrumento não continha prazo de validade. Em ofício encaminhado à OAB, o corregedor-geral, desembargador Eugênio… Leia Mais

Valores indevidamente recolhidos ao FUNJUS serão restituídos ao advogado que detém procuração

A Câmara de Direitos e Prerrogativas solicitou ao Tribunal de Justiça do Paraná (TJ-PR) a revisão da Portaria nº 806/2015, a fim de que os valores indevidamente recolhidos ao FUNJUS (Fundo da Justiça do Poder Judiciário) sejam restituídos ao advogado que detém poderes para receber e dar quitação, mediante apresentação de procuração. O pedido de… Leia Mais

© 2016 - OAB-PR - Coordenação de Informática - Todos os Direitos Reservados